fbpx

Filme: Godzilla vs. Kong

O HBO MAX vêm liberando, lá nos EUA, um título que está sendo lançado no cinema, e no mês passado tivemos a volta de Kong e seu encontro com meu querido Gojira!

Godzilla vs Kong

Filme: Godzilla vs. Kong
Duração:
113 min
Elenco: Alexander Skarsgård, Millie Bobby Brown, Rebecca Hall, Kyle Chandler entre outros.
Sinopse: Enquanto a organização científica secreta Monarch caça, investiga e estuda a origem dos Titãs, uma conspiração tem a intenção de acabar com todas as criaturas, sejam elas ameaçadoras ou não. O mundo sobreviverá ao duelo de monstros? 


Bora saber como foi esse encontro de gigantes?

A primeira coisa é lembrar que reencontramos Godzilla depois do filme de 2019, quando ele lutou contra Ghidorah. Têm aqueles que pensam por ele estar nadando por aí para salvar o mundo, já se torna uma ameaça, mas por mim, nosso lagartão está sendo “perseguido”.

Já nosso querido Kong, reencontramos ele após a “Kong: Ilha da Caveira” (2017), mas descobrimos que ele está crescendo cada dia mais e dentro de um “local” preparado para estudos, que analisam como esse Titã se comporta.

Tudo muda quando a Apex Cybernetics, uma mega corporação decidi usa-lo para tentar rastrear uma forma de “conter” nosso Gojira, mas vocês sabem que nada é assim, claro né? O que acontece então? UMA BRIGA no mar!

Depois disso o roteiro do filme, que já era frágil, passa a ser mais raso – e convenhamos que é uma mistura de “Circulo de Fogo” com a ideia de King Kong e Godzilla, com uma empresa tentando entender os monstros (Monarch), enquanto outros querem descobrir formas de controlar os bichos e usa-los como máquinas de guerra (Apex).

Os “humanos” da história ficam meio perdidos, e sim, eu ainda não engoli Madison indo parar bem no centro do combate assim… com um flash.

Na minha visão, e vocês sabem que por motivos óbvios sou #teamGojira, o filme traz todo uma história com o Kong, SENDO QUE ESTE FILME TEM O NOME DO GOJIRA NA FRENTE.

É ruim? Não, mas eu super queria algumas outras coisas falando de como o Gojira caça os personagens, eu entendo que temos um plus, mas né, queria MAIS! Sei lá, eles pisando no carro, os asiáticos berrando estilo filme dos anos 60. O final mostra como eles tiveram que resolver um problema que eles próprios criaram no roteiro.

Lembrando que eu vi o filme pela HBO MAX, que assino aqui em casa, e apenas existia a opção de legendas e áudio em inglês.

Para quem estava de lockdown, foi bom assistir o filme, mas eu ainda preferiria passear na “Skull Island” da Universal e rever os filmes japas do meu lagartão. Ok, posso contar algo? Eu gosto do filme de 1998 – apesar de odiar o visual do Gojira!

E só, você já assistiu “Godzilla vs Kong”? Acredita que teremos uma continuação, ou o final do filme jogou um balde de água na gente?

Gostou desse post? Você pode curtir estes também:

Thaís do Nerdiva
Thais, 35 +1 anos, Santista, comedora compulsiva de junkie food, viciada em coisas bonitinhas e na maioria das vezes nos tons de rosa! Seu lugar preferido no mundo é a Main Street da Disney, e não estranhe a cara na foto, porque ela adora um blingbling!

Deixe um comentário :D

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Thais, 35 +1 anos, Santista, viciada em coisas bonitinhas e na maioria das vezes nos tons de rosa! Seu lugar preferido no mundo é a Main Street do Magic Kingdom e não estranhe a cara na foto, mas ela adora super-heróis, Capitão América e fechar game de luta sem usar especiais.

Quer receber dicas, trocar ideias, tudo em primeira mão? Faça parte do nosso grupo no Telegram.
* Alguns links presentes no blog são de afiliados, onde o blog recebe comissão pelo click ou venda, ajudando na sua manutenção.
O Nerdiva é um site pessoal no ar desde 2010. Não temos ligação com Marvel, DC, Disney, Lucasfilm, Starbucks. E nem reclame que aqui está cheio de glitter!

Receba nossa newsletter

Click edit button to change this text. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit

Receba nossos posts em primeira mão!