A família mais famosa dos seriados norte-americanos voltou para mais uma temporada na Netflix.

É hora de pegar um sanduíche e gritar que a porta de casa está sempre aberta!

Se você não vem acompanhando as temporadas, pode ser que esse post contenha Spoilers, então se não assistiu, bora se responsabilizar e não dizer que “você não avisou“.

Na última temporada, D.J. Tanner estava dividida entre o veterinário bonitão ou o amor de 25 anos atrás. Não querendo dar o spoiler na cara, mas ela fica com o Aladdin. (Só quem assistiu o seriado anterior sabe do que estou falando).

Mas engana-se quem acha que essa temporada teremos muito de DJ e seu escolhido: quem rouba a cena é Stephanie e Kimmy, que estão tendo uma relação muito próxima, já que a Tanner está namorando um Gibbler, que por sinal, parabéns Netflix pelo casting!


É cenas assim que queremos, Netflix – essa é no capítulo 3

Apesar de ter poucos capítulos, 13 no total, eu achei bem arrastada a solução do caso GibblerxTanner, sendo deixado pro último capítulo. Nada contra, mas queria ver muito mais dos problemas que a família teria agora.

Porém, um dos melhores episódios, além do 3º que citei acima, é um com homenagem aos seriados dos anos 70, onde o Clube das Lobas vai para um cruzeiro vestido de “As Panteras”.

É claro que a temporada não é todo ruim, mas pecou em algumas partes. Agora estou ansiosa para saber qual será a continuação, teremos mas Jimmy, só os próximos anúncios da Netflix podem nos salvar.

Se ficou curioso aí abaixo tem o trailer da 4ª temporada:

E você, já assistiu “Fuller House”? O que achou da nova temporada? também acha que o Jimmy precisa de mais cenas como a da lavagem do carro? Deixe ai abaixo!