Ok ok, gente, eu preciso postar isso – Ontem fez 1 mês que voltei de viagem!

Eu ainda não fiz o video (provavelmente amanhã eu faça e já poste aqui), mas vou contar um pouquinho de como rolou os dias antes da viagem e o primeiro dia! Lembram da ideia de filmar tudo? Bom, esqueçam, pois o meu gordinho dominou o celular… Mas, vou explicando isso no Guia de Viagem!

Dias antes:

Pode parecer uma loucura, mas eu ia viajar em pleno domingo, e era terça-feira e estava com a mala pronta! É gente, MALA, pois eu fui somente com 1 de 32kg. A pasta da felicidade (que vou mostrar no video e que serviu só por 2 dias), já tava toda ok, e a mochila também.

Pré-viagem e Primeiro Dia:

Nossa ida estava marcada para dia 21 às 6:15 pela Copa Air, mas como daqui de casa até Guarulhos era meio longe, migramos no dia 20 para meu tio, que mora em Sampa, e nos levaria até lá.

Malas feitas, decoradas, documentos ok, papeis acertados, rumamos o trio (eu, Gordinho e minha mãe) até o Jabaquara, e descobri que as as 2 malas que iam já eram grandes! Peguei com meu primo (que já comebntei ser craque de EUA) e colocamos quase nada.

Lanchamos e fomos dormir por volta das 8, pois lá pelas 1:00 tinhamos que nos arrumar para chegar até as 3 no aeroporto – mesmo eu já tendo feito o checkin online, não queria atrasar…

Levamos menos de 40 minutos e estávamos no aeroporto, pontualmente as 3:00. A fila do check in so abriria as 3:15, e eramos os 3 na comum (não tinha ninguém na web, e somente 2 – por sinal muito cheio de sou chique benhe, para a primeira classe). O rapaz do guiche falou que podíamos ter chego com 1 hr antes, mas ok, lá foram as malas, a primeira da esteira!

Como ainda eram 3 hrs, tivemos que enrolar até as 5 para o embarque. Ficou os 4 (porque meu tio ficou junto) andando de um lado pro outro até dar o horário. Entramos para o embarque, e apesar do numero da nossa fileira ser um dos últimos, entramos logo na frente.

Dentro do avião...

O vôo partiu no horário, e apesar de sacolejar muito, foi ok – telas individuais com filmes recentes (tinha até o novo Homem Aranha, para felicidade do Gordinho), cobertores e travesseiros.

Telinha com o Mapa Olha o HA ai gente!

Chegamos para a conexão no Panamá com quase 1 hr e meia de janela, o que deu para andar um pouco no aeroporto – notando o calor que estava, e ver que eles precisam arrumar os banheiros! E foi nossa sorte tb, eu ser chata e ficar olhando as telas – a companhia alterou o portão de embarque e quase que ficamos no lugar errado. Mas enfim, faltavam só mais 2 hrs e meia de vôo.

Fomos conversando com um casal que completou nossa fileira, e o tempo passou rápido, chegando na cidade de Orlando, ensolarada e linda pela janela! Neste outro vôo, foi telas coletivas a cada fileira, mas exibindo filme infantil (Madagascar 3), com um almoço com carne ou frango (peguei o frango e tinha pouco molho).

Única foto do Panama, parece piada né??

Oi Orlando!

Descemos e partimos para a imigração. Pelo que notamos somente nosso vôo estava naquele momento e ficamos aguardando, o orientador da fila era uma figura e brincava com quem falava que era corinthiano! Demorou um pouco, mas descobrimos outro casal que veio da nossa cidade e estava por lá. Passamos juntos (gordinho e eu) e tudo certo, não doeu nem nada, bem vindo a Orlando!

Como já contei nas outras postagem, tinhamos fechado Shuttle para quase tudo e foi só pegar as malas e ir para a esteira da Copa que a pessoa responsável – o João, estava com a plaquinha. Acha que fomos para o hotel?

Calor em Orlando e as famosas placas...

Que nada! Partimos direto para um Walmart, para estocar as coisas: água, refrigerante e essas coisas. Pelúcias Disney por 10,00 me pareceu um sonho e comprei um relógio lindo por 8,99 (que eu perdi no dia da volta =( ).

Só que meu desespero por horário já estava latente, pois as 20 hrs iamos ao TRex – que fica no Downtown Disney, encontrar a Cris e a Debora (do fórum VPO que me aguentaram durante semanas através de email) para comemorar a chegada! Marcamos então de sair às 19:15 – e isso já tinhamos feito uma passagem no Dollar Tree – onde tudo é um dolar; e na Gamestop – onde comprei um Glee Karaoke Revolution por 8,99 e tinha Xbox por 199! Na volta, pegamos o cronograma dos parques e os ingressos, para nos programarmos e saber o que nos aguardava.

Sente o Drama… do paraiso...

Partimos rumo ao Hotel – Internacional Palms Resort, o qual eu super recomendo, devido ao tratamento que tivemos, e as acomodações, muito próximo da Universal, de um Walgreens, de um I-hop, um KFC, Wet n Wild e do lado do Rose Inn – um hotel super procurado por quem vai lá.

Ficamos sabendo que a Cris ja tinha me procurado, mas em vez do meu nome da reserva, estava do gordinho… ai né?

Era 20:00 eu estava descendo o elevador correndo do hotel, e ligando ao Trex para confirmar se elas estavam lá! Tudo confirmado, peguei um cab (taxi que saiu por 30 dólares, e que tinha um motorista da Georgia e fanático por futebol!) na porta do hotel e chegamos em 20 minutos no Downtown Disney!

Oi Downton Disney! TRex - Ótimo restaurante

O jantar foi ótimo e muito bom encontrar pessoas com quem você falava diariamente via email! E claro já pegar algumas dicas. Voltamos de carona com a Cris, e pronto, nosso primeiro dia em Orlando às 23:00 – hora local, e sem dormir desde o Aeroporto de Guarulhos acabava!

ATRASADOS, mas felizes! Fim do Primeiro dia!

Ufa! Esse foi nosso primeiro dia! E tem até fotinhas, gostaram?? Vou fazer um post mostrando direitinho algumas coisas do Hotel, comentar melhor do Downtown Disney e do TREX! Mas deu pra ver que fizemos bastante coisa né?