Ufa! Sabe porque? Porque desta vez o Guia de Viagem vai explicar tudinho da minha viagem! Ha! Tá curioso? Quer saber quando viajo? Pra onde? Como montei? É só seguir!

Hey Thais, então conte-nos tudo!
A primeira coisa que preciso falar é que faltam 30 dias!UHU!, exatamente a esta hora já estarei no meu destino, provavelmente jantando! Mas antes de eu dizer para onde vou, que tal recapitular tudo?

Eu pus na cabeça que ia viajar em fevereiro do ano passado, e iamos eu, namorado e uma amiga (a Lec). Decidimos que iamos tirar os passaportes todos juntos, e eu e o mor já tínhamos agendado para Novembro.No meio do caminho a Le teve uns imprevistos, e acabou tendo que abortar a ideia.

Enquanto isso, fui vendo uma data pra viajar… Março, Abril, Maio, e juntando isso quanto sairia mais ou menos, o que poderia fazer, essas coisas… Quando fui agendar o visto pros EUA, comecei a fechar mentalmente uma data: Agosto ou Outubro! No final, acabou pesando o último como data final. Então…oficialmente faltam 30 dias, pois viajo em 21 de Outubro! UHU!

Pra onde você vai?
Vou visitar o Mickey! Tô indo pra Orlando! Ficamos entre Orlando e NY, mas o curto tempo não dava para fazer as duas cidades! Então ficamos com a terra do orelhudo e dos BSB – piadinha infame!! E lá também tem o Homem-Aranha, assim o namorado não chora! Mas posso dizer que já estou pensando na próxima!

Como que você montou?
Lembra a dica da agência ou tudo sozinho? A principio iriamos pegar um Fly&Drive, onde poderíamos fazer o roteiro que quiséssemos, mas sem ingressos – quando ainda eramos 3 e depois íamos só os 2, mas como faz tempo que o namorado não dirigi, fomos decidindo e vimos que os traslados eram importantes. Como a diferença de valor não era tão grande, valeu muito a pena!

Outra sorte que dei, foi que eu pentelhei pra caramba a Marcy (que trabalha na agencia onde fechei o pacote e a.k.a uma das melhores amigas) então ela sabia como eu queria: 4 parques da Disney + 2 da Universal e compras! Nisso, atrelamos um hotel fora da Disney mas na Internacional Drive, pois teriamos os demais parques e um curto espaço de tempo. Perfeito né?

Pode parecer mentira mas desde que o passaporte tinha saído, a Ma foi me cotando as coisas, falando dos vôos, hoteis, operadoras (algo bem importante viu gente, recentemente vi alguns casos bizarros com relação a esses prestadores). Como variava muito, tínhamos colocados 2 meses nas pesquisas: Agosto ou Outubro. Em Março foi o limite, e começamos a ver tudo como Outubro – semana do dia das crianças, semanas antes, semanas depois e poft, caímos na semana logo após os dias da crianças – principalmente porque a diferença em dólar, de pacotes com o mesmo esquema que o nosso estava em torno de uns 1000 dólares.

No meu caso, fechei tudo por lá: passagens áreas, hospedagem, ingressos, traslados e seguro viagem. Vale a pena se você não quer se preocupar tanto e a diferença não é tão grande se você souber cotar! Desde Junho estamos com tudo fechadinho e só – no meu caso, contando os minutos!

Mas quanto saiu?

Todo mundo imagina que uma viagem, principalmente pros EUA é cara! Só que, querem a melhor? Você sabia que uma viagem pra dentro do Brasil você pode pagar algo em torno disso! Parece mentira, mas na época lembro que fomos pesquisar tinha pacotes para dentro do Brasil, para a semana do dia das crianças por algo em torno de 3 mil reais! Dai da para você ter uma ideia que o meu foi por base disso! Isso porque peguei já o dólar em alta, por 2,14, se o namorado não tivesse enrolado, acho que teríamos pego por 1,70!

Ufa! Jesus, quanta coisa, como falei, mas estou tão feliz! Depois quem quiser passo as planilhas que eu tô montando – servem pra qualquer tipo de viagem! Nos próximos post: O que eu comprei para levar!