Continuando nossa sequencia aqui do Guia de Viagem – espero que estejam gostando, vamos falar de algo bem temido: o VISTO!

Não é difícil, mas tem que fazer tudo direitinho, então… COMO FUNCIONA?

Bom, o visto seria: Um documento emitido por um país dando a um certo indivíduo permissão para entrar no país por um certo período de tempo e para certas finalidades. Muitos países requerem a posse de um visto válido como condição de entrada para estrangeiros, mas há exceções. Os vistos são geralmente carimbados ou anexados ao passaporte do destinatário. (informações – Wikipedia)

Na maioria dos países, existe um sistema de reciprocidade onde tanto quem vai quanto quem vem não necessita de vistos, somente confirmar que tem fortes motivos para o retorno. Mas existem outros países que a tal carta de aprovação é preciso, então é disso que vamos falar, principalmente do mais temido: o Visto Americano.

Depois que fui tirar meu passaporte, decidi que ia tirar o visto americano por 2 motivos:

1 – Dura 10 anos

2 – se em algum momento eu quisesse viajar para lá, não precisaria correr feito uma louca para tirar.

Atualmente a forma de emissão é diferente, mas os processos são os mesmos. Ok, ai começa a questão: quando fui tirar, acabei utilizando do auxilio de uma agência, pois a preguiça para preencher os documentos era muita. Mas dá pra explicar tudinho:

A – O primeiro a fazer é preencher o formulário!

Anteriormente a gente pagava o agendamento para ir até o consulado (custava 38 reais) e podia efetuar o agendamento para a sua entrevista. Quando fiz, agendamos em NOVEMBRO para ser entrevistados em FEVEREIRO – tempo hein! Mas agora, com as mudanças o periodo de atendimento está bem menor, mas uma das etapas que se podia deixar para posteriormente veio como a primeirona! Sim pessoas, agora é preciso preencher o formulário Ds-160 antes de agendar a data. E ele é bem simples! Você tem que visitar o endereço http://ceac.state.gov/genniv/

e lá seguir as informações – que são bem simples! Achei no Youtube um tutorial de como preencher, e acho que para quem está em dúvida, é super válido!

Uma dica é quanto a foto que será upada: ela precisa ter um tamanho padrão, e vai ser utilizada durante o processo de emissão do visto, ou seja ela vai ficar bonitinha no seu passaporte. Mas tem alguns padrões a serem seguidos: A imagem deverá conter o rosto inteiro, pescoço e ombros do solicitante em visão frontal, com expressão neutra, SEM SORRIR e os olhos abertos e desobstruídos, olhando para a câmera. Ou seja pessoal, sem franja no rosto, óculos e uma cara paciente… Veja a minha para o visto:

Tô horrível na foto né gente, mas era medo de não ser aceita!

Pronto, preencheu tudo? Vamos para a segunda etapa!

B – Pagar a Taxa!

É gente, se antes você pagava R$38 para agendar, mais US$140 para emissão do visto e R$20 reais no dia para envio pelos Correios, agora você paga exatamente US$160 após o fnal do preenchimento do DS=160. Você pode pagar por cartão de credito ou boleto bancário. É simples e rápido, não? A parti dali vamos para a parte mais divertida, ou não!

Mas isso, pessoal fica para a 2 parte! Vamos falar dos agendamentos tanto para colher documentos e/ou digitais como a TEMIDA entrevista!