O Meme desse mês do Rota é bem minha cara: eu sou formada em Técnica de Turismo (mesmo não trabalhando na área – o Projeto Disney não conta), e sei de uns lugares ótimos para passar por aqui.

Primeiro vamos te localizar:

1) Não moro em Sampa, apesar de estar a cerca de 1 hora da cidade;
2) Não, as dicas de comida você pode encontrar no texto da Dona Éricka;
3) Tudo que eu mostrar por aqui não custa mais de 25 reais!

Tá querendo vir para Santos e acha que a gente só tem praia? Tá bem enganado! Vamos falar um pouco mais da cidade?

Santos foi fundada em 26 de janeiro de 1546 – ou seja, é MAIS VELHA QUE A IRMÃ FAMOSA SAMPA,e o senhor Bráz Cubas (apesar de nos livros estar Brás Cubas com S dizem os historiadores da cidade que é com Z… Complicado viu?) foi o culpado de tudo! A cidade cresceu devido ao porto, por um bom tempo teve muitas chácaras e depois ficou mais conhecida por um time de futebol bi-campeão mundial <3. A partir daí você nota que na parte histórica a cidade tem muita atração, ou seja... Estação Buck Jones - Foto: Ecoviagem1 – Vista ao centro com o bondinho
Valor: R$5,00
Onde fica? Estação Buck Jones, na Praça Mauá

Criado em 2000, a linha de passeio com o bonde pela Cidade (porque para gente daqui, o Centro é na verdade Cidade…) tinha apenas 5 minutos e passava pelos primeiros prédios restaurantes por um projeto denominado Alegra Centro. Por lá você conhece a famosa estação de trem (atualmente desativada) São Paulo Railway ou Estação do Valongo que fica em frente as futuras instalações do Museu Pelé, a casa do trem Bélico entre outros que ainda vou citar aqui.

Atualmente o trajeto é maior e você tem algumas paradas em pontos estratégicos, totalizando 15 minutos. Note que sempre os guias vão falar do local onde foi gravado Terra Nostra e outros filmes da Globo 😉

Bolsa do café a Noite - Foto:  Estado de SP2 – Bolsa do Café / Museu do Café / Cafeteria do Café
Quanto Custa: R$5,00 (Aos domingos, entradas gratuitas segundo o site oficial)
Onde fica? Rua XV de Novembro nº 95, Centro (Cidade)

A Bolsa do Café, durante muitos anos foi o local onde ocorriam as vendas das sacas dos produtos, que girava a economia do país. Foi inaugurada em 1922 e tem estilo pomposo! É extremamente linda, e passou por uma restauração na época do lançamento da linha do bonde. Dentro possui 2 atrações: O Museu (que custa os R$5,00) e a Cafeteria.

Se você quer entender um pouco da história do café para o país, a visita ao museu é bem valida, mas se o cheiro do expresso na entrada do prédio te prender, aproveite e tome algo por lá. Os preços não são muito amigos, mas você contra diversas opções e até algumas servidas por baristas. Dica: tem sorvete de café e venda do produto gourmet (hehe)

Vista parcial do topo Monte Serrat - Foto: Wikipedia3) Visita ao Monte Serrat
Valor: De graça ou R$ 25,00 pelo bondinho
Onde: Praça Correia de Mello, 33 – Centro (Cidade)

Um aviso: ir pelo bondinho não tem a menor graça. Deixa o sendentarismo de lado e suba os 415 degraus . Se acha familiar o nome, sim, ele é aonde ocorre a famosa Descida das escadas de Santos, transmitida pela Globo. Mas o Monte Serrat possui muito mais que isso em sua história: O morro recebe este nome pois quando ocorreu o ataque de piratas a cidade, todos os moradores subiram o morro e misteriosamente, a virgem que possuia uma capela fez com que pedras rolassem para acabar com o ataque.

Em meio aos degraus, você encontra uma comunidade que utiliza as escadarias da melhor forma: para subir ou descer, em meio a religião, já que no meio do caminho o Monte possui nichos que representam a Via Sacra. Além disso no topo tem a famosa capela da padroeira de Santos, Nossa Senhora do Monte Serrat, que tem seu dia comemorado em 08 de setembro. Ou seja, nunca, eu repito, nunca tente subir no dia 08, ou você será levado por uma horda de pessoas que estão retornando a capela junto com a imagem!

O maior atrativo, é que no topo do monte você consegue enxergar a cidade 360 graus, sem nada cobrindo! Acho que é uma das vistas mais bonitas que já vi!

[Linha Conheça Santos - Foto: Prefeitura de Santos 4)Passeio Linha Conheça Santos
Valor: R$10,00
Onde? Praça 9 de Julho, no Gonzaga

A linha foi implementada junto com o passeio de bonde, e é realizada em microônibus com ar-condicionado e um guia junto. Com duração de 2 horas, você pode descer em alguns lugares e aguardar um outro ônibus. A rota passa por toda a Orla, cais e Centro, quando rotineira, tendo mais 2 edições especiais: Morros e Zona Noroeste.

Se a preguiça é grande e sua vontade e conhecer mais da cidade, sem ter que camelar, é a melhor dica. Acredite, você saberá um monte de curiosidade e não vai se cansar. E sim, já fiz zilhões de vezes para ver se não falam merda – o que já vi acontecer.

Mureta Ponta da praia - Foto: ATDigital5) Muretas e calçadão em frente aos Clubes da Ponta da Praia
Valor: De grátis!
Onde? Próximo dos Clubes Vasco da Gama e Internacional, na Almirante Saldanha da Gama, nº 33/35 – Ponta da Praia

Pode parecer besteira, mas esse calçadão lhe da um visual imperdível: além ver toda a orla da sua ponta até o final, você consegue acompanhar no verão, a saída dos transatlânticos, o caminho das balsas e ver um lindo por do sol. E sem contar que é de graça!

Quer mais? Você pode encontrar pescadores, sentar na mureta e ouvir o barulho do mar! E ainda pode aproveitar e ir sentido canal 2 (coisa que santista entende) e tomar um Coco geladinho no Zé do Coco, que fica próximo de outra atração, o Aquário Municipal.

Por sinal, as muretas dessa área são quase um símbolo da cidade?

Ufa, falei de 5 mas ainda tem muito mais atração. Hummm…até que esse post me deu uma ótima ideia!