Eu sei que o choro é livre, que eu tô atrasada com o post de “Agent Carter”