Vocês sabem que eu super incentivo quando seriados legais vão para a TV aberta (Foi no caso de Glee, Castle). Na maioria das vezes o horário não ajuda, mas está lá, um seriado para muitas pessoas que nunca conheceram e passam a ser fãs e consumir o produto!

Ai você deve estar pensando: MAS THAÍS, ESSE SEU TÍTULO TÁ ESTRANHO!PORQUE?

Assistindo a um dos capítulos de forma não oficial (porque 2 da manhã não é de deus e eu acordo pra trabalhar cedo!), e amando a dublagem brasileira (tem filme que só assisto dublado devido as vozes), as vozes que foram escolhidas para o seriado soa MUITO ESTRANHA!

Querem ver?

Tudo bem que a voz do Barry Allen está ok, mas o problema é algumas outras vozes de personagens com grande importância na série, como da Caitlin Snow ou do Cisco não estão boas. Não que os dubladores sejam ruins, longe disso, mas o problema é que as vozes não combinam com os atores originais e muitas vezes nem estão na entonação para a cena. Problema por parte da direção de dublagem? Não sei 🙁

Já imaginaram o The Rock com uma voz fininha? Não casa né? É mais ou menos o que ocorre quando falamos do que ocorreu com o “The Flash”! Se você nunca ouviu as vozes dos personagens originais, olhe abaixo:

Eu sei que vão me falar que existe o Closed Caption e o audio original, mas se temos a melhor dublagem do mundo, porque não provar né?

Os dubladores da Globo, segundo algumas pesquisas são:

Barry Allen (Grant Gustin): Alexandre Drummond
Dr. Harrison Wells (Tom Cavanagh): Marco Antônio
Joe West (Jesse L. Martin): Mauro Ramos
Iris West (Candice Patton): Luisa Palomanes
Caitlin Snow (Danielle Panabaker): Tais Feijó

E ai? O que você achou? Essa matéria do The Flash Brasil pode dar uma luz do caos que foi essa dublagem :/