Vamos falar da estreia dessa semana do filme da Marvel? Em meio a semana do Dia Internacional da Mulher temos o primeiro filme de heroína da Marvel nos cinemas – eu ainda acho que a Agent Carter e Natasha Romanoff deveriam ser levadas em conta, mas né?

Com vocês, MCU: Capitã Marvel.

Capitã Marvel (Captain Marvel)
Ano:
2019
Gênero: Aventura, Ficção Científica.
Tempo de Duração: 124min
Atores: Brie Larson, Samuel L. Jackson, Bem Mendelsohn, Clark Gregg e Stan Lee.
Sinopse: Vers (Brie Larson) é uma humana que, sem se lembrar de sua vida na Terra, é recrutada pelos Kree para fazer parte de seu exército de elite. Inimiga declarada dos Skrull, ela acaba voltando ao seu planeta de origem para impedir uma invasão dos metaformos, com a ajuda do agente Nick Fury (Samuel L. Jackson) e da gata Goose.

Preparados para dar a sua melhor versão?

Capitã Marvel

Antes de tudo, preciso falar que esse post é spoiler free, mas teremos referências e eu preciso começar a falar desse filme com lágrimas nos olhos pela introdução feita aos 10 anos da Marvel. Eu fiquei quase em prantos ao ver aquelas imagens e ler o Thank you – nem preciso mencionar a quem foi a homenagem né?

Então quando começar no filmes, conhecemos Vers uma “alien” que está em Hala para um treinamento na forças especiais daquele planeta que vem enfrentando muitas guerras contra os Skulls. Hala é o planeta base da raça Kree, que já apareceu em outros filmes e seriados da Marvel, mas nunca com sua origem total.

Durante uma missão, ela é capturada por Halos, que é o líder dos Skulls, que passa a revisitar alguns sonhos e pensamentos que ela possui. Durante uma dessas lembranças, eles descobrem que ela esteve no planeta C-53, um lugarzinho meio quente, chuvoso… Sabe a Terra?

E é aí que o filme começa! Nós temos uma heroína que não se recorda de seu passado, e um pedaço dele é como um papel em branco, como se tivesse sido reescrito. Será que isso têm a ver com o treinamento que ela estava passando?

Quando caímos na Terra, o filme que tinha uma pegada de Guardiões da Galaxia – por sinal um dos personagens que participa da equipe de Vers está presente na primeira cena do citado, passa para uma pegada Máquina Mortífera. Acertei minha aposta, lembram?

Não quero soltar muitos spoilers, pois o que eu posso contar vai estragar a sua surpresa no filme, mas vamos falar de alguns fatos:

– O filme se passa em 1995, e é falado com bastante clareza;
– Têm muitas referências aos filmes antigos da Marvel, como situações ou piadinhas;
– Sim, temos cenas do Stan Lee;
– O filme têm um gancho com Vingadores! E não só apenas pelo último filme e o próximo, é ao Vingadores!

Já sei que você deve estar se perguntando: Mas Tay e a Ordem do MCU! Chega nesse sábado a atualização e eu vou falar nas redes sociais quando sair, viu?


Eu sou o Nick Fury / O MCU é o Goose

Um dos pontos fortes do filme, e que posso comentar é que Vers (Capitã Marvel) consegue se estabelecer em um Universo de forma simples, onde como uma jovem perdida pode se reencontrar com seu passado e mostrar sua melhor versão. Posso dizer, que é por isso que ela vai representar tantas outras mulheres e meninas por aí.

E não vem com aquele papinho de “aí é o pior filme da Marvel”, que vou chamar vocês para relembrarem novamente que o MCU nunca dá ponto sem nó. A história é pra trazer ainda mais as aficionadas pelo MCU para dentro daquele que dizem ser um “universo” masculinizado – o que eu acho super errado quando se trata de Marvel, né? Mas isso vira tema para um outro post.

Ah! A Trilha Sonora é ótima, e vai render um post na segunda-feira sobre o tema. Apenas coloco que “I’m Just a Girl”.

Ps: Sim, temos referências lindas ao meu Comfort Movie Top Gun, e isso deixou meu coração quentinho, mesmo que o nome da gata seja Goose!

São 2 cenas pós créditos hein! E você pessoas que foram no Cinemark Santos na Sala 10 e pediram pra trocar de cadeira pra sentar com seus amiguinhos e ficoram zoando meus comentários, BOOOOH pra você! Vem cá falar de MCU!

O que achou do filme? Tava com hype muito alto, acha que ele entrou o que foi proposto? Ficou curioso para saber como vão resolver os problemas do universo? Me fale nos comentários.