E hoje é o dia! Vamos falar do filme que está mudando rotinas nos cinemas do mundo todo, “Vingadores Ultimato”. Sim, eu me segurei para chegar e vir despejar tudo agora. É um post misto com a parte de spoiler escondida!

Vingadores Ultimato

Avante Vingadores Ultimato!

Vingadores : Ultimato (Avengers : Endgame)
Ano:
2019
Gênero: Ação, Fantasia e Heróis
Tempo de Duração: 181min
Atores: Chris Evans, Robert Downey Jr, Scarlet Johansson, Chris Hemsworth, Jeremy Renner, Mark Rufallo, Paul Rudd, Karen Gillian, Gwyneth Paltrow, entre outros…
Sinopse: Depois que Thanos eliminou metade das criaturas vivas do Universo, os Vingadores precisam lidar com a dor. Em meio a isso, Tony Stark (Robert Downey Jr.) ainda está vagando perdido no espaço sem água nem comida, enquanto Steve Rogers (Chris Evans) e Natasha Romanov (Scarlett Johansson) tentam liderar uma resistência contra o titã louco.

Preparados para o fim de um ciclo?

Vingadores Ultimato

A primeira coisa que eu preciso citar aqui é que GRAÇAS a deus os trailer não mostraram quase nada do filme. Os Irmãos Russos haviam citado que não teriamos quase nada divulgado e sim, isso foi possível.

Vingadores Ultimato

Feito isso? Vamos começar a falar de um dos mais importantes filmes da história do cinema.

A primeira cena do filme já seria um spoiler, então vou pular ela…ok?

Quando efetivamente a aventura começa, descobrimos que desde a luta contra Thanos já se passaram 21 dias, e os heróis que não vivaram #teampó estão buscando de todas as formas se reerguer, principalmente Tony que está com Nebula na nave dos “Guardiões da Galáxia”.

É nesse momento que encontramos uma outra personagem, que vem para salvá-lo, e a partir daí queridos, caímos naquele item que eu sempre falo: A Marvel nos enganou de novo!

Acredita que em tudo isso – sim isso que eu citei acima se passa apenas 10 minutos de filmes?

Todo mundo tinha uma ideia do filme – basicamente a minha é BEMMM próxima do que foi feito, mas a forma é como um prêmio aos fãs que acompanharam os 10 anos de aventura nos cinemas, os 22 filmes e 2 temporadas de “Agent Carter” e 6 temporadas de “Marvel’s Agents of Shield” – a gente risca “Inumanos”, tá bem?

E sim queridos, esse filme é um banho de referências. Desde as primeiras cenas, você entende o que eles querem fazer: trazer após tantas aventuras elos que formaram esse fandom.

Quando Tony retorna, somos confrontados ainda com os acontecimentos de “Guerra Cívil” – não digo pela divisão, mas sim da mágoa que o Homem de Ferro têm com Steve Rogers. E é esse sentimento – de medo e magoa, que dita boa parte da aventura…

Após esse ruído, o desgate entre eles é notorio, mas uma solução para aquela situação é necessária, mas por ser MCU, a gente sabe que não ia ser fácil. E 4 Vingadores, que combateram os Shitaures, estão ali, esgotados, sem esperança e buscando trazer seus entes mais queridos.

Sendo filme da Marvel, o que acontece?

Thanos explica algo que ele aprontou – safadinho, e os Vingadores, desolados, precisam descobrir como restaur o universo antes do snap. Lembram que eu falei do Tony Stark? Nem para isso ele foi…

Mas, dizem que o tempo cura, não é?

Passado um tempo – spoiler se eu disser quanto, descobrimos como cada um tentou refazer sua vida: uns foram pros grupos de auto-ajuda, outros para uma casinha na montanha, um sumiu no mundo, outro decidiu largar de mão, outro combateu seu maior medo, e temos a Natasha, que com seu coração – que conhecemos em “Capitão América – O Soldado Invernal”, faz o monitoramento das ações na Terra.

Só que, se lembram da cena final de “Homem-Formiga e a Vespa”? Scott Lang está de volta e buscando saber mais sobre o ocorrido. Dizem que se você fica muito tempo preso no Reino Quântico, seu modo de pensar fica diferente…

E aí amigos, que o filme toma a forma que todo o fã de quadrinhos queria: as referências lá, as piadas com cultura pop, a briga entre fazer ou esquecer, tudo custe o que custar.

Falar mais a partir daí pode estragar quem ainda não assistiu e caiu aqui nessa postagem de paraqueda, mas eu preciso colocar algumas coisas:

– Amor: Esse filme fala muito sobre isso. Sobre nossas escolhas, como aceitar também é uma forma de amar;
– Ciclos: você pode acreditar que seja um fim, mas eu vejo que nêm tudo ali têm exatamente um fim;
– Uma chance: Sim, Dr Stranger estava certo sobre ser apenas uma chance;
– Nem tudo é definitivo, ou inevitável.

É um filme perfeito? Para esse encerramento, sim! Meu filme favorito do MCU ainda é “Capitão América: O Soldado Invernal”, mas esse filme têm tudo que a gente amou nos outros filmes, que é quase como um filho dele, então tá nos meus 10/10.

Sobre os Spoilers – não vão ser tão claros, mas…

– Thor está maravilhoso;
– A referência ao primeiro “Homem de Ferro” principalmente no que condiz ao Tony, é uma homenagem não só aos fãs, mas ao RDJ, a Fraveau e ao próprio Kevin Feige;
– As cenas que se passam em 2012 são maravilhosas, principalmente a bunda, gente quem foi a pessoa que pensou nessa referência, merece um bonus;
– A luta final, gente, o que foi aquilo. Acredita que ela só ocorre próximo dos últimos 30 minutos de filme?
– Eu rezo para que as jóias possam trazer nossos dois queridos – in memorian, e os que não tiveram a oportunidade de voltar.

Agora, vamos falar queridos, de tudo que esse filme CONQUISTOU ATÉ AGORA:

– Maior bilheteria de uma estreia no Brasil;
– Maior bilheteria de estreia nos EUA;
– Alcançou 1 bilão – sim bilão, em apenas 1 final de semana;
– Chegou aos Trending do twitter;
– Assunto mais falando em todos os jornais;

Não têm como você passar ileso a ele. Eu PROMETO que quando sair em DVD ou Blu-ray, a gente faz um update (outro post) com os spoilers e falando mais aberto – combinado?

Ah, às 21:00 o post do MCU vai ser atualizado, não sei você, mas eu estou ansiosa para rever tudo, incluindo o Jarvis 😉

E você, já assistiu “Vingadores: Ultimato”? Seu coração saiu dilacerado ou em paz com tudo? Me diga nos comentários.