Terça-feira é dia de MCU e vamos falar da última aventura da fase 3: “Homem-Aranha: Longe de Casa”. Como o mundo está pós Thanos?

Homem-Aranha

Homem-Aranha: Longe de Casa e dos heróis

Homem-AranhaHomem-Aranha: Longe de Casa (Spiderman: Far from Home)
Ano:
2019
Gênero: Aventura, Ação, Ficção Científica.
Tempo de Duração: 129min
Atores: Tom Holland, Samuel L. Jackson, Jake Gyllenhaal, John Favreau.
Sinopse: Peter Parker (Tom Holland) está em uma viagem de duas semanas pela Europa, ao lado de seus amigos de colégio, quando é surpreendido pela visita de Nick Fury (Samuel L. Jackson). Precisando de ajuda para enfrentar monstros nomeados como Elementais, Fury o convoca para lutar ao lado de Mysterio (Jake Gyllenhaal), um novo herói que afirma ter vindo de uma Terra paralela.

Ainda estamos nos recuperando do baque que foi “Vingadores:Ultimato” e depois de 8 meses dos eventos passados naquele universo, reencontramos Parker, MJ, Ned e seus amigos explicando de uma forma simples o que aconteceu com aqueles que desapareceram no estalo.

Homem-Aranha

O tom da aventura é o encerramento daquela saga e à abertura de um novo universo: como os heróis estão lidando com a mudança com seus entes e como ficaram aqueles que “sumiram” por 5 anos.

Um dos itens elucidados, se é que assim podemos colocar é como os jovens que viraram pó, como Parker, estão lidando com o mundo de quem continuou levando a vida, que é o caso do Brad Davis, que era pequeno e agora já é um dos mais populares do colégio.

Homem-Aranha

O filme tem todo esse tom, e sempre reforçando sobre as perdas de Parker, como ele está lindando com aquilo. Na verdade não é apenas ele, mas um geral. Sim amigos, o filme está perguntando como o mundo está mudando e quem será o próximo… [spoiler]

Só que durante as raras férias que Parker tenta tirar, nosso conhecido Nick Fury tenta convence-lo a enfrentar uma nova emergência.

Um adendo é que diferente da outra aventura de Parker, essa está extremamente ligada ao filme do MCU! Então, se você não viu a última aventura vai se sentir deslocado, principalmente pelo tanto que isso é verbalizado.





A aventura é deliciosa e as cenas pós créditos trazem a ignição para a fase 4, que deve ser anunciada tanto na SDCC de julho – o que eu duvido, quanto na D23, agora em agosto (que pra mim é o local ideal).

E você, já assistiu o filme? O que sentiu do egoísmo do PP? Pirou com a cena pós crédito? Ah, a Ordem cronológica também foi atualiza 🙂